Evolução da Reforma dos Centros de Saúde posta em causa

Mais de um ano volvido sobre o óbito passado pelo ex-ministro Correia de Campos aos SAP, também ele entretanto “falecido” enquanto Ministro, eis que a ARS do Centro decide, acolitada no silêncio dos corredores, tentar o “milagre da reencarnação” preparando-se para, já no dia 1 de Março (in Publico, 19.02.08), no Distrito de Aveiro, os trazer de novo ao mundo, agora sob o alegado nome de “Consulta Aberta”.
Contrariando todas as orientações políticas e técnicas, incluindo as da MCSP (www.mcsp.min-saude.pt), a legislação em vigor (DL nº44/2007) e renegando as suas responsabilidades e deveres na reforma em curso dos Cuidados de Saúde Primários (CSP).
No fundo, um recuo da ARS do Centro, exactamente os mesmos actores do seu encerramento, tentando camuflar, através de uma mudança de nome e com alguns “rebuçados” à mistura, uma desorientação gestionária e política que teima em manter-se na Região Centro.
Situações que seriam evitáveis, caso fossem, nas alturas devidas, dados ouvidos aos parceiros sociais.
O SMZC/FNAM alerta que a ARS do Centro, ao invés de intervir a montante, na reestruturação efectiva dos Centros de Saúde (CS), com a devida preparação para a criação dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) e suas unidades prestadores de cuidados, emerge na linha do facilitismo e da resposta imediata, a qualquer preço. (...)

Subscreva a nossa newsletter
Termos e Condições
Sindicato dos Médicos da Zona Centro - Rua de Tomar nº 5, 3000-401 Coimbra
Copyright © 2018 SMZC - Todos os direitos reservados.

Por favor, publique módulos na posição offcanvas.